quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Diário de Bordo: Anime Dreams 2014 (PARTE 1)


Oláoláatodos. Pare de roer a unha e presta atenção: você está no WHY NOT. Bem vindo, pode ler o post já :)

E então ameguitos, esse final de semana eu fiz algo muito sadio. Caso o título do post e esta imagem aí em cima já não spoilassem a atividade em questão, vocês provavelmente chutariam que eu fui pescar, pois combina com o meu eu artístico, em contraste com a água ora turbulenta ora silenciosa. Certo? Não? Ah sim, vocês já sabem o que eu fiz né, nem conseguem brincar de faz-de-conta.

Mas bem que esse post poderia ser, veja só, sobre sexo seguro, e o título chamativo teria sido apenas para atrair otaquinhos promíscuos prontos para receberem uma lição de prevenção. É, talvez eu tente isso um dia.

Mas ok, eu fui no evento mesmo. Não só isso, mas eu, muito esperto que sou, sabendo a quantidade de choronha que tais festivais costumam acumular, também tirei fotos!

E JÁ COMEÇO explicando sobre o "Dreams". Este evento é um dos 3 festivais que formam a "Trindade Yamato". Junto dele estão o Anime Friends (a nossa Comic-Con brazukinha <3) e o Ressaca Friends (O repeteco mais humilde do AF). Porquê depois de ANIMAR OS AMIGOS e ter uma RESSACA COM AMIGOS, você obviamente precisa sonhar muito (e desejar que o ano seguinte seja mais barato e menos merda). O calendário costuma ser AF em Julho (férias de crianças mongolóides-desu), RF em dezembro (papai noel tambem é otaku ne ^^) e finalmente AD em Janeiro (#toquinhanoverão).


Para começar bem, algo que chocou a nação: esta merda estava vazia. Sem fila, sem gente vendendo mangá na porta, sem amigo descoladão ouvindo Legião Urbana no alto falante do celular. Eu realmente contava com essa parte da fila para encher o meu querido post de pérolas únicas dessa tribinho. Mas de como é de praxe, tinha PHDs em babaquice do lado de fora pedindo QUALQUER COISA que pudesse ajudar:

Pessoal, pode ajudar com uma moedinha?
Qualquer coisa, se quiser eu dou esse pente
aqui que me deram. Haha, eu sou muito engraçado.
Passada a entrada e o choque de perceber que em um evento de ANIME E SONHOS estava tocando, ali na portaria, Maroon 5 (o completo oposto de animes e sonhos), eu retomei a minha missão de gravar todos os momentos possíveis. Milhares de meninas de cosplay em volta, admito que nenhuma de se jogar fora, e todos os caras que costumam as bajular com mupy e likes nas fotos.

hihihihihi, vou me alimentar de curtidas e suco de saco :3

Primeiro passo foi se localizar ali dentro. Como eu sou um lobo velho de outras edições, já sabia onde ficava palco, estandes, comidas, os descoladões da sala de Harry Potter. Dei aquela bela volta pra aquecer e finalmente fui para o palco ver a palestra que eu queria tanto. Aquela mesma...que se atrasou por uma hora. MAS ATRASO É SINÔNIMO DE UMA COISA NESSES EVENTOS, SABE DO QUÊ?

BINGO MONGOL, WEEEEEEE \o/

Pra quê uma gaiola normal de bingo, que gira em um eixo, se eu tenho esse servo aqui do meu lado né? Afinal, ele que quis chegar aqui em um sábado as 07 da manhã pra passar o dia ralando a bunda...de graça <3

E ele foi ativo e útil hein? Acho que ganhou um vale-botton de bônus.


Não é à toa que, tanto aqui quanto no filme, os minions são amarelos.


IIIIH olha lá! Tem cobertura da imprensa especializada :O

"Enzofloresprod". Nossa, mas eu acho que só pode ser um canal internacional, não é? Caramba, vamos ver aqui que canal é esse, tão digno de cobrar o BINGO DO ANIME DREAMS.


Poxa, isso sim é o que eu chamo de jornalismo sério.

Mas aí acabou a palestra. Bacana, tirei foto com os caras do 99Vidas, um dos meus podcasts favoritaços e apresentadores da palestra. Mas eu não podia sair dali sem fazer uma coisa antes. Na verdade duas. Olhei para o lado e me deparei com outra dupla, mas essa muito mais famosa. Eram simplesmente dois MESTRES do cosplay. Os caras são famosos internacionalmente, e pelo figurino que trajavam ali do meu lado, eu sabia que estavam nessa pelo prêmio de otaku gold do evento. Pois eu estava com a câmera em mãos e, após pagar um certo cachê para eles, consegui com muita alegria duas fotos. E seguem elas aí:


Este primeiro é, na verdade, famoso por, ainda que um dos melhores cosplayers do mundo, ser o mais econômico também. Com ajustes mínimos, ele consegue reutilizar seus trajes para novos personagens, sempre surpreendendo o público. Com este mesmo cosplay que ele está usando na foto (Raito Yagami, HELLOOOOOW, como assim não reconheceu?), ele também já fez:

  • Pastor
  • Porteiro
  • Ascensorista
  • Garçom do Habibs
  • Dilbert


Seu parceiro, o mais famoso da dupla, veio logo em seguida. Este aqui é conhecido por ostentar seu dinheiro e sua superioridade otaka. É comum vê-lo em lojas especializadas comprando cards originais de Magic, além de se mostrar em todo evento tomando mupy DE CAIXINHA. Tirar sua foto foi um verdadeiro aprendizado espiritual. Isso porquê eu, em minha ignorância completa, vi que ele também segurava o Death Note. Supus, para a minha completa vergonha, que ele estaria fazendo cosplay de um dos executivos da Yotsuba. Afinal, somente um homem de negócios estaria usando um Mizuno de corrida (que infelizmente não foi pego na foto), certo? Então perguntei para confirmar:

-Death Note também?

Meu ídolo, enojado com tamanha futilidade eu tinha acabado de falar, contorceu seu lindo rosto. Como é que eu confundi? Estava na cara qual era seu personagem, e ele me respondeu com uma expressão de decepção:

-GTA!....(faz a pose da foto acima) UZI!

Incrivelmente, eu ainda não reconheci de quem ele estava falando. Precisei pesquisar, em casa, quem seria aquela pessoa retratada tão fielmente. Acabei encontrando, e lembrando, que em San Andreas existe um personagem coadjuvante chinês e cego, que se veste de executivo de Mizuno também. O WU ZI!


Após a sessão de fotos, precisei me sentar e retomar o fôlego, tamanha a emoção que eu sentia ali. Consegui me recuperar e continuar meu passeio, e dessa vez eu queria comer. Antes disso, acompanhei minha namorada e meu amigo em sua jornada rumo à máfia do Mupy. Você pode ser novo nesse mundinho animesco e não conhecer essa Família. Eu explico. Mupy, esse produto tão rico em inteligência e saco, é muito procurado em eventos assim. Por que? Bem eu não sei. Quer dizer, GENTE, É UM SUCO DE SOJA EM UM SACO QUE VOCÊ TOMA ATRAVÉS DE UM CANUDO, como não preferir gastar 20 reais nisso do que em refrigerante, suco natural, caldo de cana, uma bebida com dignidade, etc?

Ou seja, esse néctar otakinho é muito requisitado. Diretamente de Kyoto, uma família ancestral e infinita vem todos os anos suprir esse anseio. É a Família Mupy. É melhor não falar e/ou mexer muito com eles, podem acabar furando seus olhos com os canudos podres deles, e depois te vender falando que é uma edição especial Mupy de Litrão. Sempre que for em um evento, procure pela barraquinha deles. Eles aceitam suas moedas.

Seja como nós! BEBA MUPY!

A barriga roncou e eu zarpei com tudo para a área de alimentação. Recheada de mesas, cadeiras e limpeza, você escolhe ali entre várias comidas orientais. Afinal, tu é otaku, vai querer comer feito um japonês. Você pode escolher os guiozas, os temakis, pastéis, tempurás...AH SIM, tem aquele prato mais exótico. Dificilmente você vai encontrá-lo na Ásia, pois é tão típico de lá que apenas casas de famílias tradicionais o produzem, sem vender.

Estou falando, claro, do famoso Hōtte Dōge

Mal tinha eu acabado de me deliciar com comida quando um momento clássico de eventos assim aconteceu, e eu consegui registrar por completo.

Acontece que, por algum motivo paranormal, todos os otakus que entram em contato com um item misterioso chamado "plaquinha" adquirem, instantaneamente, bipolaridade. Insegurança. Incerteza. Não demora mais do que 3 segundos para um jovem saudável e certo de suas convicções virar um zumbi amnésico e completamente confuso, sem certeza de nada. Seus desenhos favoritos, opções sexuais de famosos, qualidade de diversas coisas: tudo isso é indagado através da plaquinha, e o pior de tudo é que é contagioso. Como uma espécie de parasita, esse objeto toma o controle do cérebro (isso quando ela encontra esse órgão) do jovem otaku e o faz perambular pelo evento segurando a própria, apontando-a para várias pessoas e as fazendo se indagar também. Isso vira um ciclo sem fim até o término do evento, onde, por algum motivo desconhecido, esse ser parasitoide perde completamente a sua utilidade.

CUIDADO! Não encare por muito tempo essa foto se não você começará
a se indagar também!

E galera, o post já ta grande e ainda tem mais coisa pra postar. Por isso vou cortar ele aqui no meio e amanhã, sem falta, posto a parte 2. Então não esqueça de acompanhar o blog E curtir a página para saber quando lançar :3

Se vocês gostarem do post, compartilhem com os amigos, recomendem. Uma boa risada em cima de otaku nunca faz mal.

Então até mais, JA NE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário