terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Papinho: Humilhado na academia

EEEEah eu realmente já gritei muito hoje, que babaca ._.

oi

Já se humilhou o suficiente hoje? Não?

E rir? Riu o bastante? Acha que tem espaço pra mais uns quilinhos de HAHAHA? É bom que tenha.


Seguinte minha galera branda: eu faço academia. Por que? Obviamente pra satisfazer o meu ego narcisista e ter um corpo desejado (não tanto pelas mulheres, mas sim por mim). É uma prática bacana, não machuca ninguém (além das minhas juntas) e me deixa jogar na cara de qualquer um que não sou sedentário feito uma morsa assistindo Beavis and Butthead.

Dica: procurar "Academia" no Google Imagens é mais NSFW do que procurar "Piroca roxa batendo no céu da boca"

E eu estou a fazendo já devem ter uns dois ou três meses. Por culpa de cabacisse e pobreza, quase nunca tenho um padrão nos dias em que a uso. Algumas semanas eu não fui, alguns dias eu não tinha tênis pra ir, e por aí vai.

Ontem, como tenho feito já fazem duas semanas, eu estava ali na academia somente pela esteira. É um treino diferente, meu chefe que passou, e que promete "SECAR A SUA GORDURA!", como diz o próprio anúncio com uma gotinha de hipérbole. Ele consiste em, durante uma corrida por 5km, você ir trocando a velocidade várias vezes, porque aparentemente isso mexe com o seu ritmo cardíaco e é isso que te ajuda a ficar mais saudável, além de queimar mais caloria. Foda-se, né, eu só queria algum motivo oficial pra correr e suar alguns copinhos.

Então lá fui eu: minhas chaves no chaveiro do Zangado from Florida, meu papel com o treino a se fazer, meu celular e os fones de ouvido mais mal gastos do mundo. Corri por 5 km, um quilômetro a menos do que o treino pedia, e o nome disso é VAI SE FODER, EU TAVA CANSADO.

Após aquela exaustiva corrida, rumei (curto muito essa palavra cult) para o vestiário. Vale aqui um adendo: os vestiários, como se espera de uma academia, tem armários. São de graça, basta um estar livre para que tu possa usar. Aconselha-se a usar cadeados neles, pois a academia não se responsabiliza caso algum FUDIDO SEM NOÇÃO resolver assaltar um ARMÁRIO DE ACADEMIA.

Pois é, e eu fui ao meu armário. O destranquei, abri e me preparei. Eu tenho uma certa rotina pra usar a academia: eu sempre deixo pra fora da mochila (mas ainda dentro do armário) a minha sacola com toalha, shampoo, sabonete e uma cueca limpa. Assim, quando eu abro o armário, só preciso despejar meus itens (citados lá em cima), pegar minha sacola, guardar o tênis por cima de tudo e PRONTO. Vou pro chuveiro, banho, moicano de shampoo, secada, vestir cueca e fim. Só coloco a roupa de ir embora na frente do armário, com o pastel (gírias_para_volume_na_cueca.mp3) a mostra mesmo.

Ok. Mas esqueça a parte do banho, eu nem cheguei à ele. Eu estava dentro do box, com tudo pronto, quase ligando o chuveiro bugado quando, DE REPENTE, eu percebo que estou sem a chave do armário. Eu sempre levo ela pra dentro do box.

"Ah, que merda, esqueci dentro do armário, deixa eu ir lá pegar"

Cheguei na frente do armário trancado.

"Ih, tá trancado, deixa eu pegar a chave"


Mão no bolso, à dois segundos de sentir mais vergonha do que a vez que mijei nas calças no Pré.

"Oh, as vogais de espanto estão acabando, e a chave está no armário. Deixa eu abrir ele..."


É

Acho que temos um probleminha aqui, certo Adler? 

Entenda: o senhor, indo contra seus 19 anos assistindo Laboratório de Dexter, estudando em colégio particular, formado como técnico em Marketing, tendo assistido à 2 anos de Telecurso, tendo atuado como o Quico em uma peça de teatro, já tendo sido pastor por duas vezes, com doutorado em Bleach, PHD em doujin.moe, conseguiu ESQUECER A PORROCETA DA CHAVE DE SEU CADEADO DENTRO DO ARMÁRIO QUE, OLHE SÓ, ESTÁ TRANCADO COM O MESMO CADEADO MENCIONADO NA LINHA DE CIMA.

Acredite, eu pensei nisso tudo em 2 segundos. Foram mais 2 minutos para ir, DESCALÇO E SEM MORAL, até o balcão da academia (já mencionei que eu tive que atravessar a academia inteira para chegar lá?) e pedir ao atendente risonho que ele, POR FAVOR, arrebentasse meu cadeado. Foram menos de 5 segundos pra arrebentá-lo. Foram mais de 15 minutos sentado ao lado da obra de arte, humilhado e derrotado para sempre.

Ainda fui tomar banho com meu ânus, o senhor KU, na mão, pois todos meus pertences estavam dormindo tranquilamente dentro daquele armário...


SEM CADEADO

Eu ainda pensei: "Mas, Adler, quem seria ridículo o suficiente para pagar uma mensalidade de 100 reais só pra roubar um armário de uma academia de playboy?"

"Não sei, querido Adler, talvez o mesmo paquiderme social, cuja massa cefálica foi trocada por massinha da Play-doh, que consegue trancar TUDO O QUE TINHA dentro de uma porra de um armário de academia, incluindo a chave que libertaria estes mesmos pertences"



Nenhum comentário:

Postar um comentário