sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

POR QUE NÃO? - Izzy Nobre

CALMACALMACALMA, ok, ok, ok, perdão!

Eu realmente deixei o blog de lado ontem, mas por um bom motivo ok? Um motivo bem simples: EU TRABALHO, SEU FILHO DA PUTA! (menos no resto da semana, quando eu uso o mesmo local e horário de trabalho pra fazer montagens com meu rosto em uma embalagem de Listerine que tem o Britto Júnior como selo de qualidade).


Sem ressentimentos né? Você sabia que eu voltaria <3

E devo ADENDAR (chupa essa, Academia Brasileira de Letras) algo: ESHTÁ UM CALOR FODIDO. Eu não sei vocês, mas aqui no serviçom SABE-SE LÁ PORQUÊ, é muito mais quente do que, acredite, na RUA! Porra, dá um desconto, sabendo disso.


Mas enfim finitus, vamos voltar ao trabalho e deixa eu te recomendar algo pra te tirar do tédio, sua vida deve ser bem chata mesmo (to cheio de te ofender hoje, estou #VENENOSA).






Informações Básicas:
Nome na internet: Izzy "Kid" Nobre
Nome real: Israel whatever Nobre, ele tem medo de divulgar na internet.
Trabalhos:


País de origem: Brasil, mas faz 10 anos que mora no Canadá (cuzão fdp)
Gênero: Nerdice, tecnologia, nostalgia, videogames e histórias de merda (não que sejam ruins, quero dizer que são histórias sobre acontecimentos MERDA, pra ele.)

Sinopse:
Izzy Nobre, esta pacata figura cabeçuda aí em cima, é um cearense de 29 anos que, em 2003, se mudou para o Canadá com a família, e nunca mais saiu de lá. Grandes merdas? Provavelmente, mas ele se empenhou tanto no que sabia fazer (contar casos engraçados da vida dele) que acabou tento um blog, um canal, um livro e ainda fundou, junto de Jurandir Filho, um podcast sobre videogames clássicos.

 Além de tudo isso, ele também tem o superpoder de ser odiado em todo lugar onde aparece como convidado. Se alguém lembra de uma comunidade do Orkut chamada Semeadores da Discórdia (eu não lembro mesmo), ele era o fundador (se não me engano). Enfim, um cara que no passado quase que popularizou as troladas no Brasil (posso estar falando uma merda tremenda). Hoje, Izzy Nobre cuida de seus textos, videos e participações no podcast, além de usar 200% do Twitter.


Porque você deve ler/assistir/ouvir:
Então, eu tava um pouco sem ideia do que recomendar e lembrei que, ultimamente, o blog dele tem sido minha maior fonte de leitura e lazer durante o expediente, então nada melhor do que vir aqui falar todas suas qualidades.

Eu conheci essa figura babaca (em tom carinhoso, ele mesmo xinga leitores como amigos) exatamente em um podcast onde ele fez participação especial. Era sobre quadrinhos, não lembro exatamente o tema, mas ele até que era contido, quieto, mas incrivelmente interessante. Depois, ouvi mais algumas participações, no Nerdcast e MRG para ser exato. Vi um vídeo seu, indicado pelo Jovem Nerd em um NerdOffice, sobre Homem de Ferro. Aparentemente era bem bacana, mas nunca fui atrás. Só vim a realmente ser fã do cara quando, por acaso, encontrei o podcast 99vidas. Me apaixonei pelo formato do podcast, pelos participantes, pelo espírito daquela reunião de amigos. Depois disso foram dois passos até eu chegar, por fim, em seu blog. E olha, se eu o tivesse lido antes, talvez ele já seria um ídolo, um modelo a ser seguido, faz tempo.



Pra te explicar de uma forma simples e direta: o senhor Izzy Nobre é, ao mesmo tempo, o meu futuro mais provável E o futuro que eu mais almejo ter.

Lhes explico

Ele é, atualmente, a EVOLUÇÃO do Adler: tem um blog não-comercial com textos bem escritos, um vlog sobre diversas coisas diferentes, extremo fã de quadrinhos, fã de Star Wars, sabe bastante de inglês (eu vejo videos inteiros de gameplay sem legendas, isso já é um mérito vai?) e gosta bastante de redes sociais.

Por outro lado, ele também é e possui diversos elementos que eu almejo MUITO: morar fora do país, ter um DIALETO de inglês perfeito, milhares de bugigangas geek, action-figures, quadrinhos a granel, um vlog MUITO BEM editado, texto refinado e, claro, dinheiro.


Ou seja, eu me identifico com ele cada vez mais, seja pelas histórias que ele fala ali no blog, pelo humor negro que eu admiro bastante, etc. Então, suponho eu que, se tu gosta desse blog e de mim (por que estaria aqui afinal? não tenho aquele gadget lateral de dar comida para os peixes), provavelmente vai gostar MUITO do Izzy...

...ou odiá-lo com a força de mil sóis incadenscentes prestes a entrar em supernova.


Nosso querido blogueiro tem um querido problema: as vezes ele soa muito prepotente sabe? Como se quisesse passar a imagem de maior chupador de vaginas da internet mundial. São textos ou frases ditas que, em algumas vezes, dão a impressão de que Izzy se considera inteligente à um nível super-humano, quase que onisciente. Não são TANTAS vezes quanto seus haters insistem em alegar, mas estes odiadores tem alguma razão sim. Eu, particularmente, não dou a mínima para esses trechos mínimos, eles dependem muito da sua interpretação de texto para serem considerados como afronta moral. Então não deixe esse meu pequeno aviso criar a imagem errada na sua mente: o Izzy é uma excelente pessoa, tem inúmeras opiniões por quais eu bato palmas de pé e sabe contar histórias de cagadas de forma única.

E quer saber? Acho que muito desse ódio contra o rapaz é um pouco hipócrita. Ele as vezes se esbanja, humilha alguém, reclama de um serviço, zoa. Mas quem somos nós para falar que ele é babaca? Nós fazemos EXATAMENTE a mesma coisa, só que talvez em lugares mais particulares, para nós mesmos. Ele pode, em um post, aloprar alguma pessoa por ter feito algo trivial como ter caído ao andar de skate, mas nós mesmos não nos pegamos xingando desconhecidos por motivos banais? (Xingando mentalmente ou para algum amigo). No final, se você tiver essa noção de que TODOS somos babacas, provavelmente vai aceitar melhor ele.



"I HATE YOU, IZZY NOBRE!!!"
Agora, pode parecer uma burrada o que eu estou fazendo, certo? Quer dizer, estou simplesmente lhes recomendando um outro blog com textos melhores, em maior número e que possui muito mais videos, sendo no mesmo estilo que o meu. É, bem, é isso aí mesmo. Eu realmente coloco as visualizações do meu blog em perigo somente para que você, ser que gosta de ler e dar risada, seja um novo "broder" do Izzy (como ele gosta de chamar os fãs). Eu acho que ele merece, com toda certeza. O blog SÓ existe desde 2001 (pelo o que eu entendi), então o cara tem experiência com isso. E nem é pra puxar saco, o cara não lê essa merda aqui. Gostaria, no entanto e obviamente, que um dia ele me desse seu feedback sobre meus textos e tals. O mais bacana é que eu só fui conhecer o seu estilo de escrita uma semana atrás. Sim, TENTE acreditar, mas eu não o copiei. Ele não foi motivação para nada, mas hoje é uma das maiores fontes de inspiração.

Mas voltando aos motivos de acompanhar o seu trabalho. Ele fala de muitas coisas, e eventualmente ele pode acabar tendo escrito ou gravado algo falando sobre seu filme favorito, o videogame que você tá interessado em comprar ou qualquer outra coisa. Ele fez algumas resenhas sobre portáteis, smartphones, HQs. Fez videos sobre alguns assuntos como bitcoins, homofobia, ateísmo, mortes e afins. É um cara que sabe opinar e divagar sobre qualquer assunto, normalmente ficando mais evidente em textos.



Saldo final:
Para você que, assim como eu, passa muito tempo pela internet sem saber aonde ir, o que ler, o que assistir, o que ouvir, aqui está um cara que pode te ajudar e MUITO. Eu recomendo, de todos os trabalhos, o blog em especial. Tem MUITO, mas MUITO post, um melhor que o outro. São tops 5 de alguma coisa, reclamações, relatos de acontecimentos, filosofia, discussão religiosa, palhaçadas. Pense que o Why Not é um Charmander lvl 5. O HBDIA seria um Shiny Charizard. Acho que isso define bem o que quero dizer. E pra fechar, deixo linkado aqui, pra tu já ir ler logo após este post, uma das melhores histórias do querido Izzy. 

O dia que eu caguei no tapete do banheiro

Nota: 9 out of 10, because he thinks he's the bam bam bam with his correctly spoken english. Douchebag.

Nenhum comentário:

Postar um comentário