sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Adler Com Menta 7



oioioioioioioioioioioioioi

Cheguei gente, atrasado mas cheguei. Perdão pra quem esperou por post ontem, mas, como percebem, é o dia que eu sempre furo. Culpa das fotos de criança que não acho mais. Vou pesquisar nesse fds por mais fotos, as ultimas, e depois que tiver um número suficiente farei o que der de Festinhas, e o quê sobrar de foto eu faço outro quadro, dessa vez menor.

E enfim, vamos comentar o que tem de bom na semana antes que o mundo acabe.






Blockbuster fecha, enquanto a Netflix abre....um sorriso.

É Brasil, a locadora mais classe média de São Paulo vai pros ares. A Dish Network, empresa fornecedora de TV paga dos EUA e dona da Blockbuster, anunciou que, até início do ano que vem, todas as lojas físicas da Blockbuster estarão fechadas.

E o quê isso interessa? Bem, eu nunca fui de alugar filme lá, sempre preferia locadoras mais baratas e humildes. Mas sei que o lugar, apesar de elite, era bom. Os filmes que tinham na Blockbuster sempre pareciam mais maneiros, tinham mais cópias. Era uma loja bacana que, por culpa da vida, está nos deixando. Acontece. O mundo se renova, a sociedade arranja novos circos e aquilo que não se atualiza cai no esquecimento, e, se você é uma empresa, nesse último caso você vai à falência. A Netflix veio pra ganhar esse mercado mesmo, e mais do que merece. TV por streaming é um pequeno passo para um futuro com mídias mais interligadas, mais acessíveis e mais justas, afinal, tu não precisa ver comerciais estúpidos do Tony Ramos no intervalo de Breaking Bad, por exemplo.

So long Blockbuster, e obrigado por...nada? É, obrigado por porra nenhuma. MAS, no entanto, gosto de locadoras. Então espero que morra em paz ao menos, em respeito à essa indústria que sempre admirei.




Rumores sobre Batman vs Superman: Maravilha verde e noturna

Então cowboys, temos muitos rumores desse que deve ser o filme mais Whatever de 2015, e digo isso não por desprezo, mas sim por medo do que possa sair de uma parada tão "grandiosa" nas mãos do estúdio que criou Lanterna Verde.

O primeiro deles é a presença, ou não presença, da Mulher Maravilha nesse filme. A atriz Jaime Alexander, essa guria aqui embaixo, disse que estaria conversando com a Warner para um filme, e que ela sabe detalhes do roteiro dessa nova boga de Zack Snyder. Além dela, a delicinha da Olga Kurylenko (aprendi a falar o nome da mesma com orgulho) também afirmou que estava fazendo testes para ver se consegue o papel da heroína no filme.

Jaime Alexander, a Sif de Thor.
PS: Ia colocar fotos da Olga, mas são meio NSFW, então
pesquisa aí, preguiçoso

Os próximos boatinhos são acerca do sidekick mais bem sucedido em sua carreira solo, o ASA NOTURNA. Segundo fofocas (fofocas mesmo, então não espere nada da notícia), o herói estaria no filme. Ele voltaria para Gotham, anos depois de ter se separado de Bruce Affleck, provavelmente para ajudá-lo na luta contra Kal-El, não que esse guri consiga ajudar em algo além de apoio moral. Estão procurando atores, e, depois de Os Suspeitos, voto fortemente em Jake Gyllenhaal, o cara mostrou PICA pra ser um herói jovem mas experiente.

Finalizando, o último bafafá da DC é que Stephen Ammel, o ator de Arrow (que eu me recuso à ver enquanto o cara não se chamar GREEN Arrow e tiver cavanhaque), publicou duas fotos em seu facebook, sendo elas capas de quadrinhos onde o Arqueiro se junta à Liga da Justiça. Será que foi gratuito, sem pretensão mesmo, ou apenas uma dica do futuro do filme da Liga? Sei lá, talvez ele faça uma pontinha no filme, ele faz várias na série mesmo (pontinhas, flechas, got it?)

O quê achar de tudo isso? Que a DC tá meio que se endireitando no quesito universo DC, mas ainda precisa correr muuuuuuuuuuuuuito pra alcançar a Marvel, e a prova disso vem na próxima notícia.




DC, a Marvel ligou e deixou um recado: "Chupa"

É isso aíiiiiiiiii (Ah Ana Carolina <3). PORRA BEBÊ, POOOOOOOOOOOOORRA!

A Marvel anunciou que, junto com a Netflix, irá produzir QUUUUUATRO séries para serem exibidas no serviço de streaming, além de uma minissérie. Serão elas: Demolidor, Punho de Ferro, Luke Cage e Jessica Jones. Elas chegam em 2015, com o Homem Sem Medo, e sem visão, estreando essa leva de séries. Segundo os hombres de la Márvel, essas 4 séries são apenas o começo, provavelmente veremos muitos outros heróis vindo para as telinhas do PC no decorrer dos anos.

EAÍ VAGABUNDO??!?! Cacete, eu não poderia estar mais feliz. A Marvel provou que É A EDITORA. Não tem como. A DC já caga em filmes, caga em quadrinhos e agora está abrindo espaço no banheiro para cagar em uma nova área: as séries. Quer dizer, temos a "aclamada" Arrow aí, e a promessa da série do Flash para estrear logo. Porém, o ponto aqui é que a Marvel não demorou para apostar e já tá nesse ponto, fazendo séries com a Netflix, enquanto a Warner/DC ainda tá fazendo testes em Arrow e nos filmes.

Uma pena, porque eu ainda prefiro o mundo da DC. Mas é impossível segurar a emoção e não querer ser um filho eterno da Marvel depois dessa mega notícia. Eles juntam heróis que eu adoro (porra, DEMOLIDOR CARA!) com simplesmente o melhor serviço que assinei esse ano e BAM! Temos 4 séries que prometem ser LINDAS vindo por aí. E logo a do Matt Murdock será a primeira. A Marvel disse que ela se baseará muito em aventuras pelo bairro do Hell's Kitchen, local de Nova York onde atua o "Atrevido". Eu só espero que tenha 1% da qualidade dos quadrinhos atuais, do mestre Mark Waid (inclusive, que porra de quadrinho bom, já to na segunda edição, logo logo tem Adler Aprova por aí).

Enquanto as outras séries, gostaria que, ao invés de separados, Luke Cage e Punho de Ferro tivessem uma série conjunta mesmo, acredito que renderia mais, separados eles não tem MUITO o quê contar, mas juntos eles formam uma puta dupla divertida AND maneira, like a Máquina Mortífera. E pra Jessica Jones, que nunca fui muito fã (porque nunca li "ALIAS", aposto que teria gostado), só torço para a série me explicar quem é a personagem e me fazer amar ela, não acho algo difícil.

E quem mais merece séries? Olha, dos atuais heróis que a Marvel tem na mão, acho que poderiam fazer Jovens Vingadores O QUANTO ANTES, como se fosse um OC só que bom, sei lá. Pensando no lado cósmico, uma série policial-espacial com a Tropa Nova, porquê não? (já que a Warner não tem a capacidade de me entregar a tão sonhada série da Tropa dos Lanternas Verdes, que seja a Marvel então que faça)

Tem também Justiceiro, que poderia render uma série adulta e pesada, sem censura, e que uma hora poderia ir de encontro CONTRA os 4 heróis que já terão uma série, pois todos atuam quase que nas mesmas áreas de Nova York. Inclusive, nem falei: a minissérie que virá depois das 4 séries é justamente sobre os Defensores, um grupo de heróis que ficou famoso pela formação clássica e bizarra de Hulk, Dr. Strange, Surfista Prateado e Namor, mas que tambem já teve Demolidor, Punho de Ferro e Luke Cage, então dá na mesma. Ou seja, todas as séries vão se interligar para no final darem luz à uma minissérie sobre todos, sobre suas relações, ao melhor estilo Marvel Studios de fazer filmes, não é mesmo?

Então sim, to animado pra caralho, ainda mais pelas séries se passarem no "núcleo" mais legal da editora, os bairros de Nova York. Só faltava o Homem-Aranha pra coroar mesmo, mas isso a gente deixa na gavetinha do sonho distante né?

Enfim. Parabéns Marvel, parabéns Netflix, parabéns nerds. Nós estamos com tudo, e a Marvel só tem a ganhar (o meu dinheiro) com isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário