quinta-feira, 24 de outubro de 2013

POR QUE NÃO? - Os Suspeitos

Salve salve meus filhos de Paranauê. Vim das distantes matas do tédio para lhe fazer uma oferenda: uma recomendação de filme. Espero que seja a primeira de muitas, já que esse fim de ano tem bastante filme que to interessado em assistir :)

Bora lá.




Informações Básicas:
Nome do filme: Os Suspeitos (Prisoners)
Diretor: Denis Villeneuve.
Roteirista: Aaron Guzikowski.
Elenco: Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal, Paul Dano, Mellisa Leo, Terrence Howard, Viola Davis, Maria Bello.
Estúdio: Alcon Entertainment
Data de estreia: 18/10/2013
Tempo de filme: 2h33m
País de origem: Estados Unidos


Sinopse:
O filme conta o drama de duas famílias, os Dovers e os Birches. A primeira família é liderada por Keller Dover (Hugh Jackman), um carpinteiro bem religioso que tem  uma esposa (Maria Bello) e dois filhos, um deles sendo uma garotinha, Anna. Essa família feliz visita os Birches no dia de Ação de Graças, que os recebem com muita alegria. Franklin (Terrence Howard), Nancy (Viola Davis) e suas duas filhas compõem a outra família.

Nessa festa, as caçulas de cada família resolvem sair de casa para buscar algo na residência da outra família, que fica à menos de uma quadra dali. Tudo bonito e radiante até que Keller percebe que não encontra as garotas em lugar nenhum, sendo que já deveriam ter voltado. Ele liga para a polícia e a caça às meninas tem início, com o principal suspeito sendo um garoto perturbado e bem esquisito chamado Alex Jones (Paul Dano). O detetive por trás desse caso é Loki (Jake Gyllenhaal), um oficial conhecido por ter resolvido todos os casos que já pegou em sua carreira.

Sem provas ou evidências, Alex é liberado pela polícia, o que enfurece Keller. Este, determinado à achar sua filha e convicto que o culpado é o garoto, resolve tomar suas próprias medidas para extrair a verdade de Alex, por mais que isso o distancie do homem que já foi um dia. É essa busca pelas meninas, dividida entre os caminhos de Loki e Keller, que rege o filme.




Porquê você deve assistir:
Meus colegas, isso aqui é um filmão. Daqueles que com certeza vai ter pelo menos UMA indicação ao Oscar. Ele, por ser longo e "rápido" (rápido eu quero dizer que a trama do filme começa muito cedo), dá uma impressão de filme de 3 horas. São muitas subtramas, perseguições, acontecimentos que não parecem que vão caber em um filme de duas horas e meia, mas cabe, e de forma excelente

Já vamos falar dos atores, certo? Hugh Jackman que, quando quer, consegue ganhar uma indicação ao Oscar FÁCIL. Ele tá muito bom aqui, mas acho que faltou explicarem melhor o passado do mesmo, o porque dele ser como é, porque de agir como age.

Eu realmente não ligo para muitos nomes do elenco, mas quero ressaltar mais dois, e esses são meus favoritos.

Jake Gyllenhaal, que nunca foi um ator que eu curti muito, conseguiu me entregar um detetive visivelmente perturbado com o fracasso desse novo caso que tem em mãos, um cara que demonstra ter um passado relacionado à abuso infantil só pelo seu jeito, suas tatuagens (que foram ideias do próprio ator, inclusive), seu tique (advinha? outra sugestão do ator). Ele tá incrível, e, sendo um dos co-protagonistas, tem tudo para receber indicação de melhor ator também. Agora, em um filme onde parece que tem alguém mentindo e escondendo algo, dar o nome de LOKI pra ele foi sacanagem né?

E por fim, o novo membro da minha lista de melhores atores da atualidade, Paul Dano. Ele fez muitos filmes (como eu acabei de ficar sabendo), mas só o conhecia como o desajeitado Klitz de "Show de Vizinha". Caras, incrível como ele consegue roubar a atenção em qualquer cena que ele esteja, culminando em uma excelente cena de interrogatório com o Jake. Enfim, aqui ele consegue ser excelente como garoto perturbado. Levando em consideração que ele só aparece durante metade do filme, acho que seu personagem poderia ter mais cenas, eu não me cansaria de nenhuma delas. Incrível como ele não sai do personagem, mesmo nas cenas mais intensas.


No fim do filme você já está apreensivo, se segurando na cadeira, com medo de onde a ousadia do diretor pode chegar, quem ele pode matar só para mostrar o quão real e trágica pode ser aquela história. O final te tira um sorriso de canto de rosto, não de felicidade, mas de ansiedade.

Os cenários são bem bonitos, tendo MUITAS cenas de chuva por quase todo o filme. Isso me faz pensar se não é uma metáfora com a melancolia e a tristeza de todos, em não terem achado as garotas.



Saldo final:
Ótimo suspense, atores excelentes que não exageram nos papéis, essa ambientação bacana cheia de paisagens mortas e frias. Caras, vão assistir, sério. Foi um excelente aperitivo para a onda de filmes bons que está prometendo chegar até o final do ano.


Nota: 8,0 (Senti falta de mais Paul Dano, e o filme tem alguns buracos, mas tá entre os melhores suspenses que já vi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário