segunda-feira, 26 de agosto de 2013

OFF ZUEIRA: Desabafo Cincero 1

(Esse post era pra sair na sexta, mas eu enrolei tanto que cá estamos, enfim, leia aí e se divirta)

Eu ando muito chateado com a DC Comics


Para quem não sabe, a DC é uma ediSÉRIO QUE EU TENHO QUE EXPLICAR O QUE É A DC?!?!

Enfim, são vários motivos, assim, eu vou dividi-los e explicar direito cada um deles. Vou tentar fazer sentido e ser o mínimo chato possível.





Reboot



Porra, tudo errado né? Olha, meu medidor de chatice fanboy vai reproduzir um Dubstep se eu não me controlar pra falar disso, então vamos aos pontos bons dessa trojoba:
  • Apesar de não obrigatório, entende-se a necessidade de um reboot. A Marvel conseguiu até agora sem fazer, tudo bem, mas você TEM que se perguntar "Até quando vai ser tudo uma só linha temporal?" Ninguem vai envelhecer? Nada? ALGUMA HORA, meus amigos, de duas uma. Ou as HQ's acabam, dando lugar à alguma outra coisa, ou rebootam e começam de novo, agora tendo a chance de fazer certo. Por isso algumas revistas dessa nova leva se mostraram com uma qualidade antes nunca vista, como Aquaman e Wonder Woman. Então ACEITO o reboot em si.
  • Pelo o que eu sei, tinha muita revista dando errado, muita merda solta por aí. A DC, então, decidiu que seriam apenas 52 revistas. Nada mais (tá...até parece né?) Então NO COMEÇO era mais fácil acompanhar o que tu queria.
  • Olha...eu me arrependi de ter começado a listar os pontos bons. Os dois citados até agora não justificam nada, e tá foda pensar em algum outro bom motivo pra isso existir.
Então esquece isso. Meu ponto, pessoal, de fã, é: fizeram merda

Jogada safada pra alavancar as vendas em, o quê, meio ano? E alavancou mesmo, só que mais pelo alvoroço, tipo, "Meu deus, o que são esses novos 52? vou comprar 8 revistas pra descobrir!". Quando acompanharam mais de perto, viram que tinha muito lixo no meio de tudo isso. Tanto que temos várias das primeiras revistas canceladas.

Você entende isso? Sua revista não vendeu bem em 7 meses então ela é CANCELADA. Seu trabalho, feito até então, vai pra vala. As vezes o autor até tinha uma ideia bacana, mas ai aparece (e você vai ouvir falar muito desse ser negro das trevas) a WARNER e picota tudo, pede pra você colocar isso, pede pra tirar aquili, marketing pesado caindo em cima. Dwayne McDuffie sofreu com isso, e olha que ele é quem escrevia Ben 10 e vários roteiros do desenho da Liga.

Enfim, depois de 2 anos (certo?) de reboot, só vi mais erros do que acertos. Quer dizer, precisava mesmo gente? Sacrificar um universo tão maduro e icônico para transformar todos em galãs da malhação com histórias sombrias. Simplesmente DCpcionante




Bonequinhos



KD OS BONECO MATTEL? PORRA!!!



Animações para a TV



E aí meu bróder? Qualé?

Para quem não sabe, existe um bloco no Cartoon Network original chamado DC Nation. Além desta joroba de quadro nunca ter vindo para os brasilis (na verdade veio em parte, com um quadro chamado HEROIS que mistura Batman Brave and the Bold, Regenerator Rex e Clone Wars).


Mas enfim. Nesse quadro temos vários desenhos animados e curtas. Entre muitas paradas legais, destaco dois: Young Justice e Green Lantern: The Animated Series (que abreviarei para TAS agora, AGORA!).

O primeiro se trata do MELHOR SUCESSOR POSSÍVEL MAS NÃO FINALIZADO DO TIMMVERSO. Falei abóboras, meu caro leitor? Calmaê
Timmverso é como os fãs chamam o conjunto das obras em forma de série animada de tv de Bruce Timm. Estão inclusos nesse grupo Batman TAS, Superman TAS, Batman do Futuro, SUPERXÓQUI, Projeto Zeta e Liga da Justiça. Essas séries eram marcadas por, além de terem uma qualidade altíssima, se passarem todas no meu universo, o que ocasionava crossovers magníficos.

ANYWAY, Young Justice estava aí para ser o leitinho dos órfãos de Bruce Timm. A série tinha uma pegada bem madura, com plots envolvendo vários episódios, um universo bem definido, coerência com os quadrinhos, sem contar que o padrão da arte dessa série era bem parecido com os filmes animados (já chegamos lá).
Green Lantern: TAS foi O QUE EU SEMPRE ESPEREI. Um TAS do MEU HERÓI FAVORITO. E, apesar da CGI lembrando bastante Os Incríveis (que não é elogio nem crítica), se mostrou uma série bem amarrada, modificando algumas coisinhas aqui e ali, mas nada que estragasse o clima "policial do espaço" que o herói teve nos últimos anos.

Sabe para onde foram essa séries, que duraram duas temporadas? PRA VALA DO DEMÔNHO. A Mattel não curtiu O RESULTADO DAS VENDAS DOS BONEQUINHOS, e por isso deixou de patrocinar as séries. A Warner, sem o seu suquinho na mamadeira, A GRANA, resolveu cancelar as séries e colocar no lugar o Beware the Batman (quer dizer, POR QUE NÃO MAIS ALGO COM O BATMAN NÉ? JÁ NÃO BASTA TAS, THE BATMAN, BRAVE AND THE BOLD, TROCENTOS FILMES COM ELE) e Teen Titans GO!

YES! GO!.....AWAY FROM MY LIFE ò_ó


PORRA WARNI, já nos deixa sem o Brucinho, agora tira essas séries fodelonas para essas duas pirijobas amargas? Vá ver se eu to lá na Batcaverna (hurhur, bazinga)



COMO EU TENHO LEITORES QUE BEBEM PÊRA COM OVOMALTINO, VOU DIVIDIR EM DOIS POSTS PARA NÃO DOER VOSSAS CABEÇAS <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário