quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Novo layout

Galera, beleza?

Então ok.

Bem, é o seguinte: Perceberam a casa nova? É, eu dei uma arrumada. Troquei uns quadros de lugar, mobília nova, tapete de urso na sala.

E tá brega né? Não pensem mal de mim folkes, o novo design é TODO feito pra combinar com o novo plano de fundo (que continua sendo uma arte da banda Anamanaguchi). Coloquei esse laranja pra dar aquele clima de fim de tarde, mas tá mais pra fim de bom gosto.


E por que eu mudei o layout? Não sei vocês, mas nos computadores que uso para mexer no blog, o carregamento das minhas configurações as vezes davam certo, mas na maioria das vezes sempre carregava um layout branco, nulo. Tava dando muito problema, minhas configurações não batiam com o que estava na tela. Até que percebi que a fonte de tudo isso era o modelo de layout escolhido: o dinâmico. Ele dava aquele ar cool pra parada, mas ainda é muito bugado para ser usado.

Então por isso troquei para o modelo clássico. Talvez agora eu perca a magia DAS WINX. Talvez eu ganhe mais fãs. Muitos talvez mesmo.

Mas, uma explicação: em nenhum momento eu esperava que esse blog tivesse leitores. Por mais que vocês sejam conhecidos meus, não tinham a obrigação de acompanhar, então se estão aqui, é por apreço ao meu trabalho, e eu agradeço de coração. Mas a verdade é que esse blog é só um workshop de ideias, textos e ambientação.

A parada de VERDADE vai vir quando eu estiver bem encaminhado em meu curso de Web Design (curso esse que merecia uma novela de tanto problema que tive para arranjar). Quando este dia chegar, eu arrumo toda essa bagaça. Talvez migre para o wordpress, não sei. Mas eu vou cuidar disso aqui sim. 

Não sei se sabem, mas as configurações de layout básicas do Blogger, sem o código HTML e/ou CSS que tu pode colocar (e que eu não sei muito), fica uma merda mesmo. Não posso centralizar o título do blog. Não posso colocar contornos nas divisas de cores. Não posso mudar a fonte da descrição do blog. É uma avalanche marrom fétida. E por isso eu peço desculpas

Espero que continuem lendo, dando o feedback maroto, sugerindo novas ideias. Um dia tudo isso será BEM maior que apenas um blog, e eu nunca esquecerei da galera ROOTS que esteve comigo desde agora (:

Então mais uma vez perdão pelo design porquinho (mas quem manjar dos código pode dar um alô que eu irei gostar de ajuda). Agradeço a compreensão e a vossa escolha por ler esta pocilga.

Um grande abraço apertado do Adler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário